O Taubaté foi ao Brinco de Ouro na tarde deste sábado em Campinas e até chegou a abrir o placar, mas acabou derrotado pelo Guarani por 2 a 1.

Depois de marcar o primeiro com Flávio Carioca, o Alviazul sofreu gols de Bruno Nazário e Rondinelly, vendo o Bugre ficar com os pontos em disputa.

Agora, o time do técnico Marco Martelotte se prepara para voltar ao Joaquinzão depois de duas rodadas longe de casa. No sábado, o time encara a Votuporanguense.

PRIMEIRO TEMPO

Logo no primero ataque de periogo da partida, o Burro abriu o placar. Bruno Ré rececebeu pela esquerda e cruzou com primor para Flávio Carioca, que desviou de cabeça e marcou seu quarto gol na competição.

Equilibrado, o confronto teve chances para os dois lados, sem que nenhum dos dois times se colocasse tão acima do outro. Por muitas vezes a maior posse de bola foi do Alviazul, que teve chances de ampliar com Natan, Gustavinho e Francisco Alex.

Do outro lado, o Guarani chegava em tentativas de finalização de fora da área, mas as bolas iam para fora ou paravam no goleiro Fabio, sem chegar perto da rede taubateana.

SEGUNDO TEMPO

Empurrado pela torcida, o Guarani ensaiou uma pressão no início do segundo tempo e conseguiu o empate aos 5 minutos, quando o atacante Bruno Nazário marcou o gol bugrino. O rival continuou tentando pressionar, mas as poucas bolas que iam para o gol eram bem defendidas pelo arqueiro alviazul.

O Taubaté foi ao ataque e viu Rodrigo Soares assustar o goleiro em finalização de fora da área, mas, pouco depois, o time da casa marcou o segundo aos 24, quando Rondinelly recebeu cruzamento e virou o jogo. Sem desanimar, o Burro foi criando mais oportunidades, com Wilian Favoni e Flavio Carioca.

Na reta final, o Burro até se lançou ao ataque, mas, com muita chuva no Brinco de Ouro, não conseguiu a igualdade no marcador. No último minuto, o goleiro Fabio ainda fez grande defesa, pegando pênalti de Bruno Mendes.

(Foto: Caíque Toledo / EC Taubaté)